Ver Petição Apoie esta Petição. Assine e divulgue. O seu apoio é fundamental.

Por uma Alimentação de Qualidade nas Escolas Públicas

Para: Ministério da Educação

Quando o critério de seleção é o do baixo custo em detrimento da qualidade, a sociedade não pode permanecer serena, enquanto o futuro do país come alimentos de baixa qualidade nutritiva, verificando-se a reduzida variedade de alimentos proveniente de locais duvidosos.

Assim e pelas diversas razões que listamos abaixo, é IMPERATIVO, assumir um NOVO MODELO DE GESTÃO DAS CANTINAS, regressando talvez ao ANTIGO MODELO, nomeadamente abandonar as empresas detentoras de quase exclusividade no controlo das refeições escolares. Estas empresas não fornecem QUALIDADE! Estas empresas fornecem CANCROS, PROBLEMAS DE CRESCIMENTO, PROBLEMAS DE CONCENTRAÇÃO, COLESTEROL e sobretudo DESRESPEITO PELO SER HUMANO!

1- Há cantinas escolares em que as ementas não correspondem ao anunciado. Qual será a razão verdadeira?
2- Há ementas, em que os pratos de peixe se resumem a atum, douradinhos e outros peixes de valor comercial inferior (abrótea, escamudo “Frogonero”, paloco). A maior parte destes peixes é de grande porte, acumulando assim uma enorme percentagem de mercúrio. Onde está a preferência pelos peixes da nossa costa, pela sustentabilidade, pela saúde?
3- Os professores e os manuais promovem uma alimentação saudável junto dos/as alunos/as, mas estes/as quando chegam à cantina recebem alimentos que não coincidem com o aprendido. Onde está a coerência?
4- Não há a preocupação pela promoção dos produtos de agricultura biológica e local. Temos tantos agricultores, muitos que cultivam junto das escolas e precisam de vender para sobreviver e, no entanto, os alimentos continuam a ser importados de locais duvidosos, tendo um impacto ambiental e logístico e enorme. Há relatos de que o frango vem da China. Já não há frangos em Portugal? Por que razão só há coxas e nunca um peito de frango/perú grelhado? Onde está a variedade preconizada na roda dos alimentos/pirâmide alimentar?
5- A confeção dos alimentos manifesta a preferência por estufados e massadas e outros métodos “pesados” e gordurosos. Não há pratos que privilegiem os grelhados e os cozidos a vapor.
6- A sopa, um alimento essencial na nossa dieta, é elaborada com recurso a flocos de batata, a vulgar fécula de batata, um alimento processado que acarreta os seus riscos inerentes. Sendo um AMIDO, precisa ser "quebrado" por uma enzima chamada amilase, que está na saliva humana, e desta forma se converte em "açúcares" menores. O consumo da fécula, por diversas razões, conduz a uma digestão difícil, sendo que este amido mal digerido é chamado atualmente de "Amido Resistente". Que nutricionista aconselha o uso de fécula de batata na sopa, em vez de batata verdadeira?
7- Os legumes são, na sua maior parte, congelados e provavelmente todos de origem estrangeira. Que nutricionista aconselha o consumo continuado de hortícolas congeladas? Já não há hortícolas frescas em Portugal?

As cantinas foram investigadas, as reportagens feitas, até inspeções mais consistentes aconteceram, no entanto, tudo permanece igual!

Por isso, se concordar com os argumentos apresentados, assine a petição para vermos a saúde das crianças respeitada.
1- Não queremos mais empresas a gerir as refeições nas escolas! Já há escolas/Câmaras que iniciaram projetos piloto com sucesso. Queremos alimentos locais, cozinhados por pessoas que podemos ver nas escolas e não num refeitório qualquer.
2- Queremos mais transparência nas ementas: Origem dos alimentos; métodos de confeção, etc
3- Não queremos alimentos processados como hambúrgueres, “douradinhos” e sobremesas.
4- Os alimentos devem ser portugueses, de preferência locais, promovendo a sustentabilidade e contribuindo para a economia local.
5- Queremos sobretudo que as crianças parem de se queixar porque, ao almoço, tiveram de repetir a sopa dado que o prato principal não tinha qualidade para ser consumido!
6- Queremos uma gestão local, feita nas escolas, e não centralizada!
7- Queremos uma melhor qualidade alimentar nas escolas dos nossos filhos!


Qual a sua opinião?

A actual petição encontra-se alojada no site Petição Popular que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Portugueses apoiarem as causas em que acreditam e criarem petições online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor da Petição poderá fazê-lo através do seguinte link Contactar Autor
Assinaram a petição
2 Assinantes

O seu apoio a esta causa é muito importante. Esta causa pode ser a causa de todos. Assine a Petição.