Ver Petição Apoie esta Petição. Assine e divulgue. O seu apoio é fundamental.

VACINAÇÃO PARA ALERGIAS NO PLANO NACIONAL DE VACINAÇÃO

Para: TODAS AS PESSOAS QUE SOFREM DE ALERGIAS SEM CONDIÇÃO FINANCEIRA


Esta petição é dirigida especialmente, mas não só, ao número elevado de crianças com ASMA ALÉRGICA não controlada (ver Link da notícia extraída do JPN de 2016)

Segundo o JPN " (...) O estudo “Custo da Asma na Criança” (CASCA), a cujas conclusões demonstram que existiam em 2016 no nosso país, cerca de 175 mil jovens asmáticos e que metade não tinha a doença sob controlo (...) “, ou seja, NÃO ESTAVAM VACINADOS CONTRA ALERGIAS.

Segundo o JPN o mesmo cita que; "(...) esta investigação foi levada a cabo pela Faculdade de Medicina da Universidade do Porto (FMUP) e pelo Centro de Investigação em Tecnologias e Serviços de Saúde (CINTESIS) indica ainda que o estado português gasta, em urgências e atendimentos não programados, entre 400 e 700 euros anuais por cada jovem paciente. (...) ".

Para finalizar o JPN cita em conclusão na notícia um dado importante nomeadamente: "(...) O CASCA, que compila resultados de outros projetos de investigação sobre esta patologia respiratória, indica que se gastam 40 milhões de euros por ano em urgências por causa de crises de asma em crianças. (....)

Fontes:

https://jpn.up.pt/2016/05/02/numeros-da-asma-portugal-impressionam-pela-dimensao/

Se juntarmos estes dados a informação relevante do portal www.saudebemestar.pt (ver link abaixo assinalado) para grande parte das alergias (poluição do ar com polens/ácaros/alimentos/ medicamentos)

O mesmo indica que: "(...) A vacina antialérgica é o único tratamento capaz de modificar o curso natural das doenças alérgicas, conseguindo uma melhoria sustentada durante vários anos. (...)"

E de que como funciona a Vacina nomeadamente: " (...) A vacina para alergia consiste em administrar ao doente precisamente os extratos a que é alérgico, e assim atua reduzindo a sensibilidade do organismo ao alergênico, reeducando o sistema imunológico de forma a que o organismo reaja menos ou deixe de reagir contra os elementos do meio ambiente a que se é alérgico.

Portanto, a imunoterapia específica ou vacina antialérgica “adormece” as células responsáveis pelas reações alérgicas, que desta forma produzem menos ou nenhuma histamina, após a exposição às substâncias a que se é alérgico e os sintomas diminuem substancialmente.

Este processo designa-se dessensibilizarão e, por isso, às vezes também se refere este tratamento como vacina dessensibilizante. (...) "

Este Portal ainda indica de que:

" (...) as vacinas têm uma elevada taxa de eficácia, desde que bem selecionadas e aplicadas nos doentes com as indicações já descritas. De modo diferente do que acontece com os tratamentos sintomáticos com fármacos, as vantagens da imunoterapia é que trata diretamente a causa da doença, o seu efeito mantém-se durante vários anos, pode impedir o desenvolvimento da asma nos doentes com rinite alérgica e também previne o desenvolvimento de novas alergias. (...) "

Finalmente o mesmo site indica de que:

" (...) as vacinas são compradas a título particular e são pagas por inteiro (uma embalagem de cada vez) no ato da sua encomenda ao Laboratório. Não existe comparticipação atualmente pelo Sistema Nacional de Saúde (SNS). Porém, doentes que beneficiem de alguns subsistemas de saúde, por exemplo ADSE, ADMG, SAMS, seguros de saúde, etc., podem receber posteriormente uma comparticipação sobre o valor despendido, mas a percentagem de comparticipação é variável de acordo com o subsistema. (...) "

Fontes:

https://www.saudebemestar.pt/pt/medicina/alergologia/vacina-para-alergia/

CONCLUSÃO E PETIÇÃO:

Esta petição tem como objetivo permitir de acordo com a Constituição da República Portuguesa, no seu Artigo 64 SAÚDE (Diário da República n.º 86/1976, Série I de 1976-04-10)

"
1. Todos têm direito à proteção da saúde e o dever de a defender e promover.
2. O direito à proteção da saúde é realizado:
a) Através de um serviço nacional de saúde universal e geral e, tendo em conta as condições económicas e sociais dos cidadãos, tendencialmente gratuito;

"
Se faça cumprir este Artigo em defesa de uma saúde igual para todos os cidadãos portugueses com especial incidência para as crianças jovens e idosos , tornando a vacinação ante alérgica como parte integrante do Plano Nacional de Vacinação e que o mesmo seja aplicado especialmente nas crianças , onde essa vacinação contribuirá para uma maior saúde do portador da alergia ao longo de toda a sua vida e claro como foi verificado no início da petição para evitar a atual elevada afluência de cidadãos ás urgências dos Hospitais e claro na diminuição do uso de fármacos curativos e não preventivos em episódios agudos com custos elevadíssimos anuais para os cofres do estado ao longo da vida dos pacientes portadores dessas alergias.


Qual a sua opinião?

A actual petição encontra-se alojada no site Petição Popular que disponibiliza um serviço público gratuito para todos os Portugueses apoiarem as causas em que acreditam e criarem petições online. Caso tenha alguma questão ou sugestão para o autor da Petição poderá fazê-lo através do seguinte link Contactar Autor
Assinaram a petição
1 Assinante

O seu apoio a esta causa é muito importante. Esta causa pode ser a causa de todos. Assine a Petição.